São Paulo, 22 de Agosto de 2019

Feijoada / Confraternização de Doadores e Aniversário de 9 Anos do Clube SangueBom
Feijoada / Confraternização de Doadores e Aniversário de 9 Anos do Clube SangueBom
Confraternização de Doadores e 9 Anos do Clube SangueBom
Confraternização de Doadores e 9 Anos do Clube SangueBom

Quem é mais ligado com a saúde?

Escrita por: Redação Fellows Mkt & Co.
04/03/2009 18:19

Estudos apontam que as mulheres são mais atentas a saúde do que os homens.

Além de preocupar-se com trabalho, casa e filhos, a mulher consegue ainda ser mais atenciosa com a própria saúde, do que o homem.

De acordo com o Ministério da Saúde, no Sistema Único de Saúde (SUS), a cada oito consultas ginecológicas acontece apenas uma urológica.

Os principais motivos que fazem as mulheres procurarem mais os médicos e realizar mais exames são:
- a importância da prevenção do câncer de mama;
- o acompanhamento da idade reprodutiva e da menopausa;
- os cuidados com doenças coronárias e problemas hormonais.

A partir dos 10, até os 19 anos de idade, é possível constatar o início de um aumento, ainda discreto, de exames realizados pelo sexo feminino. Nesse período, a relação é de 1,3 testes em mulheres para cada 1 exame em homens.

Após os 20, até os 40 anos de idade, se inicia uma projeção acentuada. Nessa fase, para cada teste realizado no sexo masculino, de 2,5 a 2,8 são efetuados em mulheres.

Depois dos 70 anos de idade, a disparidade é ainda maior. Especialistas acreditam que o aumento de testes em mulheres se amplia na terceira idade devido à sobrevida do sexo feminino que, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), é maior que a do sexo masculino nessa faixa etária.

Pompeia: Rua Tavares Bastos, 425 - (11) 3674-4444 - De 2ª a 6ª das 8h às 18h e aos sábados das 8h às 16h.