São Paulo, 21 de Setembro de 2018

Feijoada / Confraternização de Doadores e Aniversário de 9 Anos do Clube SangueBom
Feijoada / Confraternização de Doadores e Aniversário de 9 Anos do Clube SangueBom
Confraternização de Doadores e 9 Anos do Clube SangueBom
Confraternização de Doadores e 9 Anos do Clube SangueBom

Pés saudáveis garantem bem-estar

Escrita por: Maurício Godoi
29/01/2008 11:56

Cuidado, carnaval e verão é uma dupla que favorece o surgimento de lesões

O carnaval começa na próxima sexta-feira, dia 1 de fevereiro. Para quem gosta de passar os dias de folia pulando, algumas dicas básicas de saúde são apropriadas nesta época. Além das tradicionais advertências para não beber e dirigir ou de utilizar preservativos se mantiver relações, há uma outra parte de nosso corpo que merece muita atenção. Atenção esta que geralmente só é dada quando sentimos os efeitos dos exageros.

Nos referimos aos pés. Nessa época do ano eles estão sob forte influência de agentes como sol, chuva, calor, entre outras situações dependendo por onde você anda. Com tantas situações a possibilidade de surgimento de problemas é potencializado. São micoses, calosidades, unhas encravadas, ressecamentos e fissuras que podem atrapalhar seu carnaval ou impor-lhe dificuldade em locomoção após os dias de festa.

Para evitar essas situações, o podólogo Adriano Giaciane dá dicas de como se cuidar para aproveitar ess época sem medo.

- Ressecamento - para evitá-lo, a hidratação com parafina quente é recomendada. No verão, atua como preparo da pele para os efeitos do calor e para uma rotina de hidratação a ser feita em casa. A única contra-indicação é para pessoas diabéticas, que só podem fazer a hidratação com parafina fria;

- Fissuras – são as popularmente conhecidas rachaduras. Há casos leves, mais fáceis de serem tratados, e os tipos mais severos, que podem levar à dor e ao sangramento. Em geral, são provocadas pela falta de hidratação, mas há lesões causadas por patologias como diabetes, hipertensão, obesidade, cardiopatias diversas ou problemas vasculares. Esses casos devem ser acompanhados por médicos; para tratar das fissuras, é indicado o aumento do consumo de água e da hidratação externa dos pés, com cremes adequados, além da hidratação profunda à base de parafina. O paciente deve prosseguir o tratamento em casa, evitando lixar os pés, principalmente se a fissura sangrar com facilidade. Enquanto existir o problema, evite o uso de chinelos e rasteirinhas, opte por sapatos fechados.

Micoses

Caracterizada por coceira entre os dedos, bolinhas na pele, ardor, ou, no caso das unhas, manchas brancas ou amareladas, e até escamação e queda. A micose é um problema cujo tratamento é bem mais longo. Para evitar seu aparecimento é importante secar bem os pés, principalmente entre os dedos. Ao usar sapatos fechados, prefira meias de algodão e troque-as diariamente assim como de calçados. Outra recomendação é de ficar atento ao ambiente que freqüenta, como praia, piscinas, saunas, banheiros coletivos e todos os locais em que haja umidade, calor e pessoas descalças. Veja como se prevenir:

- *Tinea Peds* - são as micoses entre os dedos, as chamadas frieiras. São descamações da pele, causadas por fungos, que provocam coceira e até sangramento, em casos extremos. Para evitá-las, é necessário lavar bem os pés e secar entre os dedos a cada banho.

- Use chinelos de borracha o maior tempo possível à beira da piscina e em banheiros coletivos. Habitue-se a tomar banho com eles, retirando-os somente para lavar os pés e aproveite para lavar os chinelos nesse momento;

- Após voltar da praia, lave bem os pés. Use uma escova de cerdas longas e macias para fazer a assepsia das unhas, limpando as laterais no sentido do tornozelo para a ponta

- Procure o podólogo quando voltar da praia, pois ele fará a assepsia e o corte correto das unhas, efetuando a prevenção de um eventual problema.

- Use um desodorante ou talco para os pés com bactericida e fungicida. Quem transpira excessivamente deve preferir o desodorante ao talco para evitar resíduos em ambiente úmido.

- Use meias de algodão, que absorvem o suor. Sob meias finas, as mulheres devem usar meias do tipo sapatilha, de algodão, bem pequenas e discretas, para absorver o suor dos pés.

Agora que você sabe como proceder, aproveite o carnaval com muita alegria. Mas fique atento às dicas indicadas no primeiro parágrafo desta matéria, também. Porém, se mesmo com essas informações você pegou micose, é preciso realizar um bom tratamento o mais rápido possível: ela pode piorar com o tempo e até abrir caminho para outras doenças, por deixar a área frágil e com baixa imunidade.

Pompeia: Rua Tavares Bastos, 425 - (11) 3674-4444 - De 2ª a 6ª das 8h às 18h e aos sábados das 8h às 16h.